18 de out de 2011

SANGUE NOVO NA MODA


Os nomes que vão ditar a moda de amanhã estarão no Porto Fashion Show no domingo. Designers de conceituadas escolas de moda de Espanha, França, Itália, Bélgica e Portugal vão competir por um prémio total de 20.000 euros atribuído por um júri internacional sob a batuta do presidente Felipe Oliveira Baptista.
 
dummy
Sangue novo na moda
 No próximo dia 23 de Outubro, pelas 16h 30, as atenções do mundo da moda estarão voltadas para a Alfândega do Porto, onde terá lugar o concurso Porto Fashion Show, destinado a jovens designers europeus.
Quinze estudantes de reputadas escolas de moda da Europa – Centro Superior de Diseño de Moda de Madrid (Espanha), Atelier Chardon Savard (França), Istituto Marangoni (Itália) e Helmo School (Bélgica) e ainda três estudantes portugueses da Escola de Moda do Porto, Academia de Moda do Porto e Modatex – irão mostrar os seus designs e competir por prémios no valor de 20.000 euros (10.000 euros para o vencedor absoluto e 2.000 euros para o vencedor por nacionalidade).
Para isso, terão de impressionar um júri internacional presidido nada mais, nada menos, pelo criador português Felipe Oliveira Baptista. O actual director criativo da Lacoste ficará, assim, do outro lado “da barricada”, uma vez que ele próprio concorreu e venceu diversos concursos de moda – como o Festival de Hyères em 2002 e o ANDAM/LVMH em 2005, que o lançaram definitivamente na alta-roda da moda.
Os concorrentes irão mostrar as suas criações em desfile, integrado no line-up do Portugal Fashion, na Alfândega do Porto. Antes, porém, terão três dias para conhecerem o melhor da indústria têxtil e de vestuário portuguesa, com a visita a empresas nacionais, como a Salsa, Riopele e Adalberto Estampados.
O concurso Porto Fashion Show, organizado pelo CENIT – Centro de Inteligência Têxtil e apoiado pelo Compete, tem como objectivo, segundo um comunicado, «dar a conhecer os novos talentos da moda europeia, ao mesmo tempo que projecta, além-fronteiras, o Porto e Portugal como centros promotores do design e da moda», numa recuperação daquilo que foi o concurso integrado no Porto Fashion Awards.
O Porto Fashion Awards teve duas edições, uma em 2000 e outra em 2002, e trouxe ao Porto alguns dos principais players do sector. Em 2000, o Concurso Internacional de Jovens Estilistas do Porto Fashion Awards foi ganho pela dupla francesa de origem sul-coreana Heirie e Tchely Shin. Joana Sousa, aluna do Citex, foi a vencedora portuguesa, numa edição onde o estilista Niki Bosch presidiu ao júri.
Em 2002, o grande prémio foi atribuído a Portugal, a Ana Luísa Correia, conhecida como Analu Correia. O júri, presidido pelo pintor Manuel Cargaleiro e com a estilista espanhola Agatha Ruiz de la Prada, Monica Unkelbach, do canal de televisão alemão ZDF/3Sat, Lydia Kamitsis, conservadora do Museu do Louvre, Titti Matteoni, directora da Fashion Magazine de Itália, o escultor português José Rodrigues e Jen Ford, editora de moda da revista britânica Wallpaper, atribuiu à criadora portuguesa o prémio máximo, que haveria de marcar o seu futuro na moda. No seu blogue, a criadora revela que foi com o dinheiro do prémio que «equipou o atelier e fez muuuuuita roupa! Seguiram-se entrevistas, programas de TV, desfiles (entre os quais o Portugal Fashion), produções de moda e o estágio com a estilista Ana Salazar».
Agora é a vez de abrir as portas a outros novos criadores. No dia 23 de Outubro, um novo vencedor será anunciado e, quem sabe, uma nova estrela do mundo da moda será descoberta no Porto Fashion Show.
 
Fonte: Portugal Textil