14 de nov de 2011

CRÔNICA DE UM REGRESSO ANUNCIADO

A marca Karl Lagerfeld, do carismático criador homónimo, deu nova ordem de partida com um novo presidente, a criação de duas linhas de vestuário e o lançamento de um website que aspira a transformar o nome do director criativo da casa Chanel numa verdadeira marca global.
dummy
Crónica de um regresso anunciado
Karl Lagerfeld, que é também director artístico da casa Fendi, quer dar uma conotação menos elitista à sua marca e apostar antes em produtos mais acessíveis, que estarão disponíveis à distância de um clique no retalho virtual.
No início de 2012, precisamente a 25 de Janeiro, o site net-a porter.com começará a comercializar a nova linha, baptizada simplesmente Karl, para já destinada ao público feminino e com cerca de uma centena de peças a preços que oscilam entre os 60 e os 300 euros, à qual seguir-se-á no Outono uma linha masculina e uma gama de acessórios, lançadas com o objectivo de levar o luxo a uma audiência mais vasta.  
O célebre kaiser da moda tinha já avisado em Setembro último que a sua marca epónima estava em plena reestruturação, centrada em preparar a produção e a distribuição desta nova visão de massas do criador germânico, que no passado tinha já desenhado uma colecção de preços baixos para a marca sueca H&M que foi um enorme sucesso de vendas.  
«Nos últimos 12 meses estudámos cuidadosamente esta incrível oportunidade global», afirma em comunicado Christian Stahl, sócio do fundo de investimento Apax, principal accionista da marca Karl Lagerfeld. «Estamos convencidos de que com a liderança única de Karl, unida a uma equipa directiva com talento e experiência e a um plano de negócio bem pensado, teremos grandes possibilidades de êxito», acrescenta Stahl, para quem a Karl Lagerfeld, apesar de já ser basicamente uma marca global, não dispunha de um «negócio global» a acompanhá-la.
Este negócio será presidido por Pier Paolo Righi, que assumiu as suas novas funções em Agosto último, e dispõe já de uma nova sede em Paris, no coração de Saint-Germain des Prés, mas a equipa também trabalhará a partir dos escritórios da Apax em Nova Iorque e Amesterdão.
A linha Karl, que a partir de 28 de Fevereiro estará igualmente à venda no futuro website karllagerfeld.com, será assim lançada primeira e globalmente através da Internet, mas a partir do segundo semestre de 2012 deverá chegar a uma série de lojas localizadas em «cidades chave». Este projecto será desenvolvido em paralelo com a Karl Lagerfeld Paris, uma linha de pronto-a-vestir com preços mais elevados (entre 300 e 1.500 euros) e que será lançada também no Outono do próximo ano.
«São tempos muito excitantes. Estão a suceder muitas coisas. Agrada-me», conclui o próprio Karl Lagerfeld no comunicado de imprensa que, sem apontar valores, refere «avultados investimentos» para dar vida a estes projectos.
fonte:Portugal Têxtil