15 de abr de 2012

Exposição Candido Portinari - Guerra e Paz

Gosto de compartilhar tudo o que é bom. Alguns sabem que eu iria na exposição de Portinari Guerra e Paz, no Memorial mais famoso de São Paulo. A Exposição começou dia 06/02 ( data do falecimento do grande pintor)  e termina no dia 21/04.
Uma oportunidade grande para quem gosta de arte.
Projetado por Niemeyer o Memorial da América Latina é um espaço maravilhoso. Sonho de consumo... rsss Gostaria muito de ver a SPFW ou uma grande exposição de Moda passando por lá... porque o local realmente é maravilhoso.
Fui com meus filhos tentando na esperança de passar pra eles algo que gosto muito, em termos de arte, Brasil e história. Ver o mundo aqui fora além dos games e internet. E tem tanta coisa boa... Tanta gente que faz!
Apesar das Guerras, o objetivo de todos é a busca pela Paz. O importante é o viver. Viver por esta busca. Agregar conhecimentos.

Mão da Améric - Memorial da América Latina
Mão da América - Memorial da América Latina


Aonde vamos? ( Isso num domingo...  onde acordamos 7:10 hs da manhã). Imaginem o humor... rsss

Primeira pergunta dos meus filhos. Já tinham me perguntado onde íamos, quis fazer surpresa. Como mãe acho importante despertar o gosto artístico. Expliquei sobre o local, elaborado pelo grande arquiteto Oscar Niemeyer, no qual sou fã número 1 , principalmente porque ele foi meu tema de TCC de moda . Me tornei quase uma "expert" em entender um pouco das obras deste grande arquiteto.
Apesar das muitas oportunidades  cheguei a acessar apenas o local por fora, e não tinha entrado no espaço, que me deixou impressionada. Adorei tudo!

Um grande arquiteto, um grande pintor. Local propício para a unir a Arte e a Arquitetura.

Segunda Pergunta: Quem foi Candido Portinari?  Um grande pintor que soube expressar os sentimentos de uma guerra e os desejos de paz. Suas imagens expressivas de morte e de dor, e telas com sonhos de felicidade, crianças, casamento, de paz.
Candido Portinari nasceu em 30 de dezembro de 1903 no interior do estado de São Paulo. Viveu sua infância na pequena cidade de Brodowski e aos 15 anos foi morar no Rio de Janeiro, com papel e cores em punho para a imensa aventura de pintar uma pátria.
Não cursou o primário completo, mas sempre foi obstinado e talentoso e tornou-se um pintor com um acervo de mais de 5000 obras.

Durante toda a sua vida o pintor este às voltas  entre a fúria e a poesia, a ternura, o trágico e o lírico, e diante de tantos sentimentos , nos presenteou com pinturas e painéis que transmitem fortes sentimentos e pra mim os que me marcaram foi o de dor. Com imagens chocantes da guerra, onde mãe perdem seus filhos, mulheres choram suas perdas, crianças mortas, e a Morte, simbolo eminente da Guerra.
Quando fazia os estudos preparatórios para os painéis Guerra e paz, Portinari foi proibido de pintar pelos médicos, que tentavam amenizar o processo de envenenamento pelas tintas. Mas o pintor não recuou ao desafio e ao maior trabalho de toda a sua vida.

Portinari faleceu em 06 de fevereiro de 1962.

Uma frase que reflete sua trajetória:

" Se queres ser universal. começa por pintar a tua aldeia" Tolstoi


video
video


Mãos Entrelaçadas

Mãe com filho Morto

Portinari 
A obra Guerra e Paz foi encomendada pelo governo brasileiro para presentear a sede da ONU em Nova York.  Até então a obra se encontrava num local de acesso restrito no hall de entrada da Assembléia Geral. Portinari sempre sonhou em expor os painéis Guerra e Paz ao grande público.


O sonho deste grande artista se realiza quando  a sede da ONU passa por grande reforma  proporcionando a oportunidade de expor os painéis no Brasil e no exterior.

Como amante da Moda, da Arte e da  arquitetura nem preciso dizer o quanto amei a exposição. Foi realmente um domingo feliz, e novamente agradeço a Deus a oportunidade de visualizar as obras deste grande artista brasileiro chamado Candido  Portinari, que com certeza me inspirou com sua Guerra e sua Paz, porque todos nós vivemos  internamente estes sentimentos  e Portinari retratou a dor e as esperança que vive dentro de nós.

"Uma pintura que não fala ao coração não é arte. Porque só ele a entende. Só o coração poderá nos tornar melhores e é essa a grande função da Arte. Não conheço nenhuma grande Arte que não esteja intimamente ligada ao povo."

Candido Portinari


Beijos!

Espero que tenham gostado rsss

Kris Melo